Gympass muda o nome. Conheça a nova marca

A plataforma de bem-estar corporativo Gympass muda nome, marca e posicionamento. Agora, além do acesso a academias, a plataforma também oferece uma rede de opções para bem-estar holístico, como atendimento psicológico e nutricional

A plataforma de bem-estar corporativo Gympass passou por um processo de reformulação e agora se chama Wellhub. Junto com a mudança de nome e de marca, a plataforma expandiu sua atuação para além do acesso a academias, também oferecendo uma rede de opções para atividades físicas e bem-estar holístico, com soluções de atendimento psicológico e nutricional, mindfulness, qualidade do sono, coaching, experiências gamificadas, entre outros serviços. Com a mudança de posicionamento, a marca – presente em 11 países e com 15 mil empresas cadastradas – contará com aproximadamente 55 mil parceiros.

De acordo com Cesar Carvalho, cofundador e CEO do Wellhub, o novo nome e a nova marca refletem o compromisso da empresa de oferecer uma solução completa para o bem-estar integral dos colaboradores. “Essa mudança nos permite atender a todas as mais diversas necessidades da força de trabalho da atualidade, e capacita as empresas a estabelecerem uma cultura em que os colaboradores se conectem com o bem-estar todos os dias. Ao oferecer a possibilidade de cuidar do bem-estar integral com uma única plataforma, o Wellhub aumenta o engajamento e a produtividade, além de trazer o ROI que as empresas buscam”, afirmou.

O desafio do bem-estar

Segundo levantamento do Gympass, 93% dos colaboradores afirmam que o bem-estar é tão importante quanto o salário. E isso se configura como um desafio imenso para as organizações, já que a necessidade de priorizar o bem-estar dos funcionários tem implicações importantes nas estratégias de recrutamento, engajamento e retenção, fatores que afetam o desempenho geral da empresa.

Mas por que tanto as empresas quanto os colaboradores têm dificuldades para priorizar o bem-estar? De acordo com o Gympass – agora Wellhub – três fatores ajudam a explicar esse cenário: complexidade (as empresas não sabem quais investimentos priorizar e acabam oferecendo benefícios que não atendem às necessidades dos colaboradores); preço (a maioria das pessoas não consegue pagar por modalidades e serviços diferentes ao mesmo tempo); além da falta de tempo.

Nesse sentido, a proposta do Wellhub é que as empresas possam atender aos colaboradores em qualquer etapa da jornada de bem-estar, com orientação personalizada, coaching e gamificação social. Além disso, a abordagem holística — que inclui bem-estar físico, mental e social —, segundo a empresa, demonstra muito mais retorno sobre o investimento: colaboradores saudáveis e engajados produzem mais e tendem a ficar mais tempo nas empresas.

Mudanças no app

Até o dia 6 de maio, o aplicativo continuará trazendo o nome e a marca do Gympass. Somente a partir dessa data é que a nova identidade estará disponível nas principais lojas de app.

+ mais lidas

Governança cliente-cêntrica: uma estratégia corporativa essencial e necessária

Quanto você pagaria para ver um gol do seu time do coração?

Presidente do Senado defende “urgência” na regulamentação da inteligência artificial

Governança cliente-cêntrica: uma estratégia corporativa essencial e necessária

Quanto você pagaria para ver um gol do seu time do coração?

Presidente do Senado defende “urgência” na regulamentação da inteligência artificial