Concorrência favorece criatividade, que leva às ideias disruptivas, diz procuradora-chefe do Cade

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) participou do painel “O universo das plataformas digitais: um bate-papo sobre o estudo do Cade” no Innovation Xperience Conference – uma iniciativa do Grupo Innovation Xperience (Grupo iX) – para debater as descobertas da segunda edição do estudo que analisou a concorrência e inovação das plataformas digitais, como iFood, Uber, Mercado Livre e as redes sociais, como Facebook, Instagram e TikTok. 

“Nessa segunda edição, revisada a partir da publicação de 2023, analisamos principalmente os marketplaces, por serem plataformas segmentadas, com seu próprio ecossistema em alguns casos, e que podem promover uma concorrência entre elas”, explicou Juliana Domingues, procuradora-chefe da autarquia.

Em conversa com Ivan Ventura, gerente de Projetos e Inteligência do Movimento Inovação Digital (MID), ela enfatizou a importância da saúde dos mercados, em termos de concorrência. “Um ambiente de maior concorrência é extremamente favorável ao desenvolvimento da criatividade, que leva às ideias disruptivas”, analisou.

Segundo Juliana, iniciativas como o Open Banking, combinando esforços de startups e órgãos tradicionais do setor em parceria com o poder público e órgãos reguladores, são excelentes exemplos da inovação para promover o bem-estar do consumidor. E que, nesses ambientes, autoridades que regulam a concorrência são os principais incentivadores da inovação.

“As agências reguladoras dos diferentes setores precisam conversar e colaborar mais. Não apenas a respeito dos dados dos consumidores, mas para regular o setor, a concorrência, tudo”, alertou. 

Juliana ainda destacou que, atualmente, a rapidez dos processos regulatórios está acompanhando a dinâmica do mercado, que tem ganhado agilidade por conta das inovações desenvolvidas em todos os setores.

+ mais lidas

Governança cliente-cêntrica: uma estratégia corporativa essencial e necessária

Quanto você pagaria para ver um gol do seu time do coração?

Presidente do Senado defende “urgência” na regulamentação da inteligência artificial

Governança cliente-cêntrica: uma estratégia corporativa essencial e necessária

Quanto você pagaria para ver um gol do seu time do coração?

Presidente do Senado defende “urgência” na regulamentação da inteligência artificial